Morin

Beijo

“De fato não existe fenômeno simples. Tomemos como exemplo o beijo. Pensem naquilo que é preciso de complexidade para que nós, humanos, a partir da boca, possamos exprimir uma mensagem de amor. Nada parece mais simples, mais evidente. No entanto, para o beijo, é preciso uma boca, emergência da evolução do focinho. Foi preciso que houvesse a relação própria dos mamíferos, na qual a criança mama na mãe e a mãe dá de mamar à criança. Foi preciso, portanto, toda a evolução complexificadora que transforma o mamífero em primata, depois em humano; e, anteriormente, toda a evolução que vai do unicelular ao mamífero. O beijo, além do mais, supõe uma mitologia subjacente que identifica a alma ao sopro que sai da boca: ele depende das condições culturais que favorecem sua expressão. Desse modo, há cinqüenta anos, o beijo no Japão era inconcebível, incongruente.”
Edgar Morin e J. L. Le Moigne. A inteligência da Complexidade. São Paulo, Editora Fundação Peirópolis, 2000.

“ (...) A boca não se limita somente ao que come, absorve, dá (lamber, salivar). É também a via de passagem da respiração, que corresponde a uma concepção antropológica da alma. O beijo na boca, que o Ocidente popularizou e mundializou, concentra e concretiza o singular encontro de todos os poderes biológicos, eróticos e mitológicos da boca. De um lado, ele é um analogon da união física e, de outro, representa a fusão de duas respirações, que é também uma fusão de almas.”
Poesia Amor Sabedoria. Bertrand Brasil, 1998

Escreva sobre Beijo

Digite o resultado da operação matemática abaixo:



Resultado

mais recentes

o que é?

A seção círculo poético é a espinha dorsal deste site. 64 palavras-chave foram selecionadas pela pesquisadora Nurimar Falci, sob orientação de Morin, para proporcionar um acesso inusitado, lúdico e participativo à obra do pensador francês. As palavras são associadas aleatoriamente aos 64 cubos que formam um cubo maior: clique em "índice" para visualizar a disposição espacial das palavras.

Através do "console" (no canto superior direito, abaixo da faixa vermelha) você poderá navegar para as 6 palavras que fazem "fronteira" àquela em que você se encontra.

Leia o texto de Morin, e escreva sobre a palavra-chave que despertar seu interesse...

cima tras dir esq baixo frente
forma