Morin

Vida

“Hoje, aquilo que me interessa, é a teoria da vida. Existem sistemas vivos, não existe matéria viva.
(...) A vida é um sistema organizador mas ao mesmo tempo é um fato histórico. A emergência da vida no nosso planeta constituiu provavelmente um acontecimento único. A evolução é certamente auto-desenvolvimento do sistema biótico, mas esse desenvolvimento é inseparável das condições aleatórias (mutações e seleções naturais) e de inúmeras  criações ou inovações (como a reprodução sexual, o cérebro, as patas, as asas, o sistema vertebral)”.
Diário da Califórnia, 1970, Paris, Éditions du Seuil.Tradução livre, Nurimar Falci, 2001, São Paulo.

“(...) é a vida que se torna surpreendente e incrível enquanto que a morte é apenas o retorno de nossos átomos e moléculas à sua existência física normal (...)
(...) O que é a vida? Nós veremos que a questão continuamente nos foge , e que continuamente nos retorna. Com efeito, a vida é um modo de organização, de ser, de existência que reconstrói completamente o universo físico, e, nesse sentido, afasta a idéia de vida para compreender a vida. Mas ao mesmo tempo, a vida é um modo de organização, de ser, existência totalmente original, e desde então, se coloca a questão: o que  é que na vida, dependendo dela, foge às explicações somente física, química, termodinâmicas, cibernéticas, sistêmicas e constitui a vida da vida? Como pensar ao mesmo tempo a não-vida e a vida da vida?
O método II, A vida da vida. Éditions du Seuil, 1980. Paris. Tradução livre Nurimar Falci, 2001, S.Paulo.

Segunda-feira, 21 de fevereiro 1994.
“Cada vez mais eu repito a mesma coisa, “a vida, a vida eu não a compreendo”. Não compreendo que as coisas sejam o que elas são, como são, que haja vida deste modo, que eu estje vivo, que a vida seja vida. A menor coisa parece-me estranha, tudo me parece estranho. Quanto mais as coisas me são familiares mais são estranhas. Sentimento sonambólico. Sentimento de posse: sei que estou possuído por forças, por gênios muito diferentes uns dos outros e que me superam.”
1994, Um ano sísifo: díário de fim de século. 1998 Publicações. Europa-América, Portugal.

Escreva sobre Vida

Digite o resultado da operação matemática abaixo:



Resultado

mais recentes

o que é?

A seção círculo poético é a espinha dorsal deste site. 64 palavras-chave foram selecionadas pela pesquisadora Nurimar Falci, sob orientação de Morin, para proporcionar um acesso inusitado, lúdico e participativo à obra do pensador francês. As palavras são associadas aleatoriamente aos 64 cubos que formam um cubo maior: clique em "índice" para visualizar a disposição espacial das palavras.

Através do "console" (no canto superior direito, abaixo da faixa vermelha) você poderá navegar para as 6 palavras que fazem "fronteira" àquela em que você se encontra.

Leia o texto de Morin, e escreva sobre a palavra-chave que despertar seu interesse...

cima tras dir esq baixo frente
forma